• kithi

O MAR, A LAGOA E O RITMO DE ITAPUÃ

Passou o verão, mas Itapuã continua pulsando.


Muito pouco restou daquela calmaria presente na música de Vinicius de Moraes e Toquinho... porém, ainda é muito bom passar uma tarde, uma noite, morar em Itapuã!


Diferente da maioria dos bairros a beira mar de Salvador, em Itapuã ainda encontramos a forte presença da cultura popular e da herança ancestral daqueles que vivem no local.


Tudo é encantamento, força, fé e tradição.


O mar, as lagoas, os pescadores, as lavadeiras, a imensidão das dunas, a Casa da Música, o bar de Seu Regi, o acarajé de Cira, as praças, o feijão no mercado, o canto, o samba, a capoeira, o Dominó, os presentes diários, Yemanjá... o povo!


Itapuã de D. Francisquinha, das Ganhadeiras, de D. Cabocla, de Amadeu Alves, de Seu Reginaldo, de D. Salvadora... Itapuã dos “Itapuanzeiros”. Anfitriões encantados para aqueles que chegam de braços abertos para compartilhar saberes, tocar um instrumento, desfrutar a vida ou simplesmente conhecer o lugar!


Itapuã dos artistas plásticos, dos poetas, dos cancioneiros... de Dorival Caymmi, de Vinicius de Moraes... Itapuã!


Itapuã é o lugar que toma conta do nosso olhar de agora... nossa próxima grande reportagem! Obaaaaaaaa!


Fiquem ligados para conhecer esse paraíso da nossa cultura!

Aos poucos vamos construindo a imensidão desse lugar em forma de textos, imagens, vídeos e reportagens!



Kithi / abril 2019

69 visualizações

REVISTA ASSUM PRETO

Os textos sugeridos não refletem, necessariamente, a opinião da Assum Preto. Os textos e fotografias podem ser utilizados por terceiros desde que sejam solicitados e que indique a autoria.