Os “Pablos” do Teatro Vila Velha de Salvador


Estamos no limiar do cinquentenário de morte de três dos maiores artistas que o Planeta Terra já produziu, e que além desta coincidência, têm outro detalhe em comum: o prenome Pablo.

Falamos dos espanhóis Picasso e Casals, e do chileno Neruda, falecidos em 1973. O pintor Pablo Picasso morreu em 8 de abril, aos 92 anos de idade; o poeta Pablo Neruda morreu em 12 de julho, aos 69 anos, enquanto que o violoncelista Pablo Casals morreu em 22 de outubro, aos 97 anos de idade.

Em Salvador, uma trupe decide antecipar, por assim dizer, merecidas homenagens ao trio e passa a encenar, no período compreendido entre 03/07 e 07/08, no Teatro Vila Velha, uma peça concebida no ano passado originalmente para ser exibida no formato on-line: “Os Três Pablos Guerreiros Contra o Dragão da Maldade”, na qual é realçada outra (e fundamental) característica comum àqueles virtuosos artistas: o posicionamento político contra as atrocidades do fascismo na Guerra Civil Espanhola.

Um dos “Pablos”, o ator itabunense Jackson Costa, conversou com o Blog da Assum na saída de um dos espetáculos, ao dar uma carona camarada para e

ste repórter, que aproveitou o gravador do celular e fazer esta entrevista.

O copiloto do percurso Passeio Público-Macaúbas confunde-se com a autora da fotos da peça, Yolanda Nogueira, eterna companheira do ator, também um mestre em dar entrevista sem qualquer risco de direção perigosa.

Ouça o áudio abaixo. Valeu!


Fotos: Yolanda Nogueira

57 visualizações0 comentário