Websérie

Renascença Clube: um quilombo na cidade

 

Uma amiga indica o Rena, um amigo indica Moacyr Luz. Kithi chega ao Clube com a intenção de gravar o Samba do Trabalhador, mas conhece Márcia Renault e resolve ir muito mais além: vivenciar o Rena e conhecer melhor os movimentos que acontecem em torno do samba. De forma descontraída, esta série é feita de encontros, de abraços, de histórias, de memória, de samba e de vida. Você vai gostar. É tradição. É música. É acolhimento. É amor.

Apoio

Média.png
Logo do rena.jpg

O Samba

No primeiro episódio a Divindade "O Samba” é o destaque. O Samba é o lugar de onde nasce a prosperidade. Lugar onde mora o estímulo que fortalece o caminhar do povo negro conferindo a autoestima necessária para andar de cabeça erguida e segurar as adversidades da vida. O Rena é feito de samba e de tudo que existe em torno dessa Divindade. Neste episódio concentramos nos dois sambas calendarizados do Renascença Clube: Moacyr Luz e Samba do Trabalhador e a Resenha Amigos do Rena, sem deixar de mencionar outros que alcançamos ver, como o samba de aniversário By Café e Grupo Arruda.

Ficha técnica

Idealização e direção : kithi  //  Pesquisa e anfitriã: Márcia Renault // Roteiro e edição: Kithi  //  Imagem é áudio: Xandão e Kithi  //  Música: Moacyr Luz, Samba do Trabalhador e convidados  //  Resenha Amigos do Rena  //  Grupo do aniversário By Café e Marquinhos de Oswaldo Cruz  //  Grupo Arruda  //   Escultura de Seu Zé Pelintra : Sandro da Sal da Terra   //  Agradecimento: A toda família Rena (que agora é minha também, viu?)  Cecília Apolinário, Gereba, Leila Chama, Amanda Leal, Shirley, Jacqueline Marttins, Márcia Renault, Xandão, Paulão, Pacheco, Marcos do bar, Juan do som, Fábio Carvalho, agradecida aos seguranças, em especial Edson. Agradecimento especial Moacyr Luz, por abrir a porta do Rena para mim; e Alexandre Alves, pela disponibilidade e confiança.